João Maia
Natural de Bom Jesus, interior do Piauí, vive há mais de 20 anos em São Paulo. João Batista Maia da Silva perdeu a visão aos 28 anos e sua persistência o fez um profissional, único fotógrafo brasileiro com deficiência visual a cobrir os Jogos Paralímpicos, Rio 2016.
“Minha visão é como uma fotografia desfocada, borrada. Mesmo com as minhas limitações visuais, consigo capturar as emoções de cada click que faço. Sou fotógrafo e a minha fotografia é cega, pois uso a minha sensibilidade, os meus sentidos: audição, tato, olfato e minha baixa visão para construir minhas imagens. Assim vejo o mundo”. João Maia

durante abertura oficial do evento; as aventuras pelo mundo afora com o casal Isabela e Rafael; a perseverança e determinação de João Maia, deficiente visual especializado em esportes paralímpicos e dicas de moda e retratos com o fotógrafo Henrique Grandi.

Dia 07/04 (sexta)

– 19h30 – Palestra “Fotografia Cega” com o fotógrafo de esportes João Maia.
Local: Auditório São Benedito, rua São Benedito – centro

PROGRAMAÇÃO 2017
https://www.amparoemfoco.com.br/